O momento da economia favorece a inserção do ouro 10 quilates no mercado

07/10/2017

http://www.missnews.com.br/historia/o-momento-da-economia-favorece-a-insercao-do-ouro-10-quilates-no-mercado/

21    0

Por Dino access_time 6 out 2017, 14h45 more_horiz


As joias são valiosas e desejadas pela beleza, valor e durabilidade, além de serem símbolo de poder, riqueza e glamour. O Brasil figura entre os 15 maiores países produtores de joias em ouro no mundo. Segundo o Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM), são 22 toneladas de peças criadas e comercializadas atualmente.


O mercado mundial de joias, semijoias e bijouterias cresce a cada ano, já que são objetos de desejo dos consumidores. As estimativas são de que as vendas anuais terão um crescimento de até 6% nos próximos anos. De acordo com o relatório da McKinsey Global Institute, as vendas do setor devem chegar a US$250 bilhões anuais até 2020.


As mulheres constituem a maior parte desse mercado, mas os homens também são responsáveis por uma fatia desse setor, que cada vez mais compram joias para si ao invés de presentear, o que mostra uma mudança de comportamento desse consumidor e são um público com grande potencial de expansão. Entre os itens desejados estão os anéis, pulseiras, brincos e correntes. Neste ano, houve um aquecimento de 20% na venda de joias em todo o país.


Uma das empresas que vem investindo com sucesso em joias é a Golfran em parceria com a Condor, uma das maiores fabricantes brasileiras de joias folheadas a ouro, ródio e prata 925. A empresa gaúcha Golfran está há 30 anos no setor de vendas diretas por catálogos, que são renovados duas vezes ao ano e acaba de lançar o novo de Joias com a introdução de peças em ouro maciço 10 quilates, com design moderno, clássico e sofisticado nas Linhas Feminina, Masculina e Infantil, além das já folheadas.


“A nova edição do Catálogo está focada numa coleção de joias de ouro maciço 10 quilates, já que o ouro está sempre na moda e tem um bom mercado, além disso estamos oferecendo uma melhor relação custo-benefício com bom preço, a mesma qualidade, cor e tom do ouro 18 quilates, porém mais acessíveis, mantendo o glamour no dia a dia”, afirma Kimberly Cavalli, Gerente de Marketing e Analista de Produtos da Golfran.


As pesquisas da empresa mostram que o público feminino é extremamente fiel, está sempre consumindo, pois possui uma ligação emocional com as peças, normalmente associadas à beleza, vaidade, luxo e requinte. Porém, o público masculino está investindo também em joias, porque estão bem mais vaidosos, apostando na moda e na estética.


O ouro é muito procurado por ser um dos metais preciosos mais antigos e uma das características desse metal dourado é que além de ser resistente à oxidação é hipoalergênico, ou seja, não causa reação alérgica.


A protagonista das peças para a nova edição do Catálogo Golfran é a lindíssima Miss Brasil 2015, Marthina Brandt, fotografada pelas lentes do talentoso Weslei Torezan. O tema desta coleção é “Reflexos”, que segundo Kimberly Cavalli, o conceito retrata as múltiplas facetas da mulher, criando um complexo jogo de luzes e sombras sobre a sua personalidade.


A Golfran trabalha hoje com cerca de 18 mil consultores e 132 franqueados para comercializar os 7.000 itens expostos em seus quatro catálogos: Fianceé, Baby, Joias e o Slim. Para Kimberly Cavalli, o consumidor percebe a vantagem de comprar via catálogo como a forma certa de obter os produtos que realmente escolheu o que muitas vezes não acontece nos e-commerces.


Um negócio rentável ideal para os que possuem espírito empreendedor é a franquia da Golfran, pois os catálogos são um verdadeiro shopping encadernado. Diferente do que acontece em outros setores, o de joias não foi afetado pela crise, o que faz dele um dos mais promissores.


 


https://exame.abril.com.br/negocios/dino/o-momento-da-economia-favorece-a-insercao-do-ouro-10-quilates-no-mercado/


 

Talvez você se interesse também por:

Nenhum comentário postado para este post.

Ⓒ MissesNews.com.br  |  Desenvolvimento: